LER EM VIANA 2024 ... prestes a acontecer!

 





PARA CELEBRAR ABRIL E OS 50 ANOS DE DEMOCRACIA


EXPOSIÇÃO | Antigos Paços do Concelho
Para celebrar os 50 anos do 25 de Abril, realiza-se nos Antigos Paços do Concelho, no âmbito do LER EM VIANA, uma exposição que reúne fotografias de Alfredo Cunha e que fazem parte do livro "25 de Abril. Quinta-feira".





 

📚 Contornos da Palavra 2024 | Literatura, Arte e Ciências: Como pode a biblioteca pô-las em diálogo?
◾️ José Seco I Universidade de Coimbra
◾️ Sérgio Rodrigues I Universidade de Coimbra
◾️ Moderadora | Luísa Neves I ESE do Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Aceder ao vídeo

 

LER EM VIANA | Programação 20 a 28 abril | 2024



Aceder ao vídeo

No JL (Jornal de Letras, Artes e Ideias) | 17.abril. 2024

 


“Ler em Viana” no Centro Cultural de Viana do Castelo de 20 a 28 de abril

 

"A Câmara Municipal de Viana do Castelo promove, de 20 a 28 de abril, o “Ler em Viana – Festa do livro e das artes”, iniciativa que integra a 44ª Feira do Livro. A programação acontece no Centro Cultural de Viana do Castelo e conta com iniciativas para todos os gostos e idades.




A Câmara Municipal de Viana do Castelo promove, de 20 a 28 de abril, o “Ler em Viana – Festa do livro e das artes”, iniciativa que integra a 44ª Feira do Livro. A programação acontece no Centro Cultural de Viana do Castelo e conta com iniciativas para todos os gostos e idades.
Este é um evento orientado para a promoção de hábitos de leitura e de elevação do nível de literacia da população, inclusivo e intergeracional. O programa promove o diálogo entre cultura e educação e está estruturado para todas as idades, com atividades dirigidas a públicos específicos, como é o caso das crianças e dos estudantes do ensino secundário e superior, e outras atividades abertas a toda a população.
A programação é rica e diversificada, contemplando uma exposição sobre o 25 de abril de 1974, sessões de lançamento de livros, conferências, oficinas, encontro com escritores, cientistas e artistas, espetáculos, teatro, concertos e a 44ª Feira do Livro, com 32 expositores, que estará disponível todos os dias, das 14h30 às 23h30, com entrada gratuita.
Na apresentação pública da programação, o Vereador da Educação e Cultura, Manuel Vitorino, assumiu que o programa “conta com a presença de diversos intervenientes que permitirão ao público abrir horizontes”, considerando que o Ler em Viana “é um modelo consolidado pelos indicadores e pela intencionalidade, que passa por melhorar os índices de literacia da população”.
“Este é um festival literário em torno dos livros e da palavra, com o objetivo de formar públicos”, realçou, afirmando que o Ler em Viana e o Contornos da Palavra, iniciativas que cuja programação acontece em paralelo, deverão conquistar cerca de 25 mil pessoas.
Já o Diretor da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, Rui Viana, explicou que a edição deste ano conta com uma redução do número de dias, mas que é “compensada pelo aumento do número de horas de Feira disponível, das 14h30 às 23h30, todos os dias, permitindo assim a integração das escolas no evento”.
Para o responsável, o Centro Cultural de Viana do Castelo “é um espaço que dá dignidade ao livro e que salvaguarda os livreiros”, pelo que a aposta do Município num espaço exterior “é uma aposta ganha que se reflete no número de visitantes”.
O programa apela à participação de todos os vianenses, sendo aberta ao conhecimento, à ciência, orientado para a educação estética e artística que, simultaneamente, valoriza a literatura, as artes, a cidadania.
No primeiro dia, 20 de abril, a inauguração do evento acontece às 14h30. A tarde infantil está agendada para as 16h00, com “O Livro das Regras” e, à noite, pelas 21h30, concerto de Aldina Duarte.
Domingo, 21 de abril, às 11h00 inaugura a exposição “25 de Abril de 1974 – Quinta-feira”, com fotografias de Alfredo Cunha nos Antigos Paços do Concelho. À tarde, nova proposta para os mais novos, às 16h00, com “O Quiosque”, e, à noite, “Liberdades Partilhadas”, com Alfredo Cunha, Carlos Tê e Catarina Mourão.
Francisco Moita Flores, Mário Augusto, Pedro Mexia, Pedro Lamares, Manuel Sobrinho Simões e João Ramalho Santos são alguns dos nomes que vão passar pelo Centro Cultural de Viana do Castelo nos próximos dias.
No que toca a concertos, as propostas passam por Aldina Duarte (dia 20, 21h30) e Cara de Espelho (dia 27, 21h30).
Para os concertos, a lotação máxima é de 300 lugares. Os bilhetes podem ser adquiridos na BOL.pt (Bilheteira Online) ou na bilheteira do Centro Cultural no dia do concerto, das 14h30 às 21h15. Os bilhetes têm um custo de 5 euros, não sendo permitida a entrada na sala depois do início do espetáculo."






 

📚 Contornos da Palavra 2024 | Democratizar a Cultura: Que papel para a Arte nas (e com as) Bibliotecas?
◾️ Paulo Pires do Vale I Plano Nacional das Artes
◾ Inês Costa I Universidade de Aveiro
◾️ Moderadora | Sílvia Vidinha I AE de Santa Maria Maior

Aceder ao vídeo

 

📚 Contornos da Palavra 2024 | Da Censura à Liberdade: O que é que os jovens de hoje precisam de saber?
◾️ Álvaro Seiça I Escritor e investigador
◾️ Ana Cristina Silva I Escritora e professora no ISPA
◾️ Moderador | Gilmar Marques I CFAE de Viana do Castelo

Sábado com Histórias - Dia 20 de Abril

 


CONTORNOS DA PALAVRA |15ª Edição | 2024

 Encontro de Bibliotecas Escolares

- "Podem as bibliotecas transformar o mundo?" foi o tema em debate com a presença do Dr. Silvestre Lacerda (Diretor Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas) e do Dr. Álvaro Laborinho Lúcio (Escritor).
A sessão contou ainda com a presença do Dr. Manuel Vitorino (Vice Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo), da Dra. Manuela Silva (Coordenadora da Rede Nacional das Bibliotecas Escolares) e do Dr. Gilmar Marques (Diretor do Centro de Formação Contínua de Viana do Castelo).
Excelente a participação do grupo de sopros da ARTEAM.






15ª Edição do "CONTORNOS DA PALAVRA" (15 - 26 abril)

 A Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Rede de Bibliotecas Escolares do concelho promovem, de 15 a 26 de abril, os Contornos da Palavra, numa iniciativa que deverá abranger cerca de 11 mil alunos de todas as escolas do concelho. Esta iniciativa, que já vai na 15ª edição, tem como mote “PODEM AS BIBLIOTECAS TRANSFORMAR O MUNDO?”.


Consulte o programa

EUGÉNIO LISBOA (1930-2024)


Ensaísta e crítico literário, Eugénio Lisboa morreu hoje em Lisboa.
Nascido em Lourenço Marques em 1930, onde viveu até 1976, formou-se (1953) em Engenharia Eletrotécnica pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa. Recebeu o título de Doutor Honoris Causa em Letras, pelas Universidades de Nottingham, Reino Unido e Aveiro.
O ramo petrolífero foi a sua especialidade profissional durante vinte anos (1958-78). Mas, entre 1974-78, acumulou essa atividade com a docência, que exerceu nas Universidades de Lourenço Marques, Pretória e Estocolmo, onde regeu cursos de Literatura Portuguesa. Na Suécia foi também o coordenador do ensino da língua portuguesa. Exerceu, durante dezassete anos consecutivos, o cargo de conselheiro cultural junto da Embaixada de Portugal em Londres.
Foi o coordenador dos três primeiros volumes do "Dicionário Cronológico de Autores Portugueses" do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas que, publicado entre 1983 e 2001 pela Europa-América, contemplava já mais de 3500 autores nascidos entre o século XII e 1940. Atualmente, o Dicionário encontra-se online no site da área do Livro da DGLAB.
Eugénio Lisboa recebeu vários prémios, entre os quais o Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro em 2017.
Doou à Biblioteca Nacional o seu espólio literário, contendo cartas manuscritas de José Régio, Torga, Jorge de Sena, Virgílio Ferreira, Fernando Namora, Urbano Tavares Rodrigues, Mário Cesariny, Eugénio de Andrade, Alberto de Lacerda, António Osório, Eduardo Lourenço, Teolinda Gersão, William Boyd, George Steiner, entre outros.
[Foto: com Eugénio Lisboa na BMVC em 2012]


 Consulte aqui Programa





Sábado com Histórias - Dia 13 de Abril